Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

TODAS AS RAZÕES DE SER FÃ DO XUBUNTU UM SISTEMA LEVE E BELO



Agora após alguns meses de mudanças profundas escrevo novamente em meu blog e estas mudanças incluem o meu sistema operacional, pois há muito já vinha criticando o unity, e percebi que a cada versão ficava mais pesado e cheio de firulas, tudo que critiquei por toda a vida em sistema proprietários, pois tenho um netbook com processador atom N550, e 2G de ram estava praticamente impossível rodar o unity, vejo que o ubuntu se afastou definitivamente de um dos principais fundamentos dos sistemas livres que incluem em seu bojo o fato de rodar sem sobressaltos em computadores modestos, pois isso leva em consideração, um apelo verde, uma vez que rodando em sistemas modestos estaremos assim contribuindo para diminuir o lixo eletrônico, no qual para fazer a industria de hardware lucrar os sistemas operacionais proprietários insistem em impor mínimos de hardware cada vez maiores, enquanto que o mais razoável seria ter versões mais pesadas e cheia de firulas gráficas para quem quiser enveredar por este caminho.

Ainda bem que o ubuntu tem outros sabores, e nesta descrição cabe muito bem um sabor diferente que atende pelo nome de xubuntu, uma versão do ubuntu que ao invés do unity utiliza a interface grafica XFCE, mais não aquela xfce que estamos acostumados a instalar no ubuntu, no xubuntu esta interface vem acompanhada de muitos extras escritos na linda interface QT, deixando o xfce ainda bem leve e com um grafismo muito bom, e o gerenciador thunar no lugar do clássico nautilus, que da conta do recado com louvor e uma leveza impressionante.

Caso queira experimentar o xubuntu em sua ultima versão acesse aqui e escolha entre o download com torrent ou acesse um mirror ou seja um dos espelhos para download direto, onde estão as imagens do sistema escolhendo também entre versões 32 ou 64 bits, que embora alguns computadores antigos aceitem o processamento de 64 bits, recomendo 32 bits, e após baixar a instalação é basicamente a mesma do ubuntu.

A diferença básica é que este sabor do ubuntu não traz o libreoffice como suite de escritório, mais pode ser facilmente instalado pela central de programas do ubuntu que vem no sistema e caso instale a versão 4.2 que foi contemplada pela equipe de desenvolvimento com integração a interface xfce vai poder carregar o inicializador rápido no sistem tray, que uma vez carregado facilita muito a abertura de documentos quase de forma instâtanea, vamos inicialmente aprender a instalar o libreoffice, primeiro clique no menu de aplicativos logo acima a esquerda da área de trabalho aquele botão com um ratinho, e clique em gerenciador de configurações e programa e atualizações e na janela que abrir, na aba aplicativos ubuntu, verifique se todos os campos estão ativados se não tiver ative, e na aba outros programas, verifique se estão ativos parceiros da canonical e independentes, ative todos estes campos cliquando e ticando, depois feche no botão fechar o programa vai requerer atualização do cache aceite, e após a atualização estará pronta a base desta instalação.

No mesmo menu de aplicativos acima descrito, clique em central de programas do ubuntu, e após abrir o programa no campo a direita com o desenho de uma lupa, digite libreoffice, e na lista que aparecer na janela clique em libreoffice writer e depois no botão instalar o resto é muito intuitivo, isso vai instalar o editor de texto e toda a base do libreoffice, depois na mesma lista é instalar calc, draw, impress e você vai ter o libreoffice, no xubuntu entretanto esta ainda é uma versão antiga sem carregador rápido para xfce, isso significa que o programa vai carregar inteiro a cada acesso. 

Para instalar uma versão mais recente teremos que usar um repositório ppa, isso se faz abrindo um terminal e digitando.

sudo add-apt-repository ppa:libreoffice/ppa

clique enter e confirme a instalação com enter novamente ao ser requerido pelo terminal, após abra o atualizador de programas que esta em menu de aplicativos - gerenciador de configurações - atualizador de programas, e faça as atualizações e pronto estará instalada a versão 4.2 do libreoffice, depois abra o libreoffice writer e clique em Ferramentas - opções- memoria e ative o campo ativar o iniciador rápido da bandeja do sistema, pronto sistema ao carregar da próxima vez vai ficar pré carregado na bandeja.  

2 comentários:

truecross disse...

Xfce também fica muito bom no Debian Wheezy. Utilizo em um modesto notebook Dell Latitude D610, CPU 2,13GHz, RAM 2GB, com boa performance. Personalizei como se fosse Gnome 2: painel superior contendo "Aplicativos" (Menu) e "Locais", além de outros ícones de aplicativos.

Arnald Jhosephy disse...

Ola, amigo, desde que fiz meus testes nesse sistema, gostei até demais, mas de uns dias pra cá resolve atualizar a versão ou seja fazer uma nova instalação, então percebi que não inicializa o boot, na hora de instalar, lembrando que via live CD, funciona sem problema, depois de algumas pesquisas e testes, retirei a memoria RAM, meu notebook tem dois pentes de memória cada um com 2GB, e ele inicializou normalmente, deixando assim eu fazer a fromatação, depois que instalo, coloco a memória novamente ele retorna o mesmo problema, não inicializa. por favor tem alguma solução?